Arquivos do futebol

O Futebol do passado

Dequinha

No dia 12 de fevereiro de 1955, numa sexta-feira, Flamengo e Vasco da Gama jogaram no Estádio do Maracanã em jogo que decidia o título do carioca de 1954 se o Flamengo vencesse. E não deu outra coisa,com gols de Índio e Paulinho o Flamengo ganhou e por conseguinte tornou-se bi-campeão carioca.
O artilheiro do campeonato foi Dino do Botafogo com 24 gols.

O Jogo
FLAMENGO (RJ) 2 X 1 VASCO DA GAMA (RJ)
Data: 12/02/1955
Campeonato carioca
Local: Estádio do Maracanã
Árbitr

o: Antonio Viug
Gols: Ademir 18, Índio 39 e Paulinho 67
FLAMENGO: Garcia; Tomires e Pavão; Servílio, Dequinha e Jordan;
Paulinho, Rubens, Índio, Benitez e Evaristo / Técnico: Fleitas Solich.
VASCO DA GAMA: Vítor Gonzalez; Paulinho de Almeida e Elias; Laerte, Mirim e
Dario; Sabará, Ademir, Vavá, Pinga e Parodi / Técnico: Flávio Costa.

O Craque Dequinha

José Mendonça dos Santos nasceu na cidade de Mossoró no Rio Grande do Norte no dia 19 de março de 1928. Foi um jogador habilidoso e de técnica refinada. Um dos craques mais clássicos do futebol brasileiro. Quando jogava no Flamengo formou com Rubens uma dupla de estilistas, responsáveis pelas jogadas de gols do clube rubro negro. Dequinha tinha a missão de combater os adversários, tomar-lhes a bola e proteger seus zagueiros. Durante toda sua carreira fez isso com muita eficiência.

Começou no Atlético de Mossoró em 1945 como ponta esquerda. No ano seguinte se transferiu para o Potiguar e passou a atuar como centro médio. Ainda chegou a jogar no ABC de Natal. Em 1950 foi contratado pelo América de Recife. Rubens Moreira, presidente da Federação Pernambucana de Futebol, indicou Dequinha para o Flamengo. No clube da Gávea se consagrou como um dos grandes ídolos da história do Flamengo. Foi campeão potiguar pelo ABC em 1949 e campeão carioca em 1953/54/55. Dequinha foi uma peça fundamental na conquista do segundo tri campeonato da história do Flamengo.

Dotado de incrível resistência física, não se limitava a proteger a defesa. Depois de dominar a bola, iniciava a arrancada pelo espaço livre ou tocava de leve para um companheiro melhor colocado. Gostava de fazer lançamentos longos. Dequinha jogou na seleção brasileira entre os anos de 1954 e 1956. Disputou a Copa do Mundo de 1954 e participou de uma temporada do Brasil pela Europa nos preparativos para o mundial de 1958, na Suécia.

No Flamengo foi titular absoluto até encerrar sua carreira em 1960 quando passou seu lugar para o promissor Carlinhos, que no estilo e na técnica foi um perfeito substituto de Dequinha.

Pelo Flamengo

Nome Completo : José Mendonça dos Santos
Data de Nascimento : 19/03/1929
Local : Mossoro(RN)
Posição : meio campo
Data do 1º Jogo : 17/09/1950
Data do Ultimo Jogo : 04/09/1958
Nº Jogos : 384
N º Gols : 8

Fonte: http://www.sosumulas.blogspot.com

abril 6, 2011 - Posted by | Arquivos do Futebol, Ídolos do Futebol, do fundo do baú

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: